português


Dias da Liberdade 2019

Comemorações do 25 de abril em Arroios – 3ª Edição


ALTERAÇÕES À PROGRAMAÇÃO

Em 2019, os “Dias da Liberdade” regressam ao Campo dos Mártires da Pátria. A Junta de Freguesia convida toda a população a participar nas comemorações do 25 de Abril em Arroios e a celebrar em comunidade a liberdade e democracia.

Haverá uma programação variada e para todas as idades, feita em conjunto com várias entidades da freguesia. A entrada é livre e gratuita.


ATENÇÃO: 

Devido às condições meteorológicas, houve alterações na programação dos dias da Liberdade:


PROGRAMA RETIFICADO

Dia 23, terça-feira

9h30-19H – Cinema Insuflável – a sala de cinema das crianças* vai trazer aos Dias Liberdade um conjunto de curtas para crianças dos 3 aos 12 anos. Uma programação oriunda de vários festivais nacionais e internacionais em redor dos temas da liberdade.
*entre as 9h30 e as 17h a atividade é dirigida às escolas da freguesia.

 – 9h30 – 17h Jogos Tradicionais Portugueses – Recordar os jogos de antigamente e mostrar aos mais novos como se faz. Uma parceria com a Federação das Coletividades do Distrito de Lisboa.

10h – 19h – Feira da Liberdade – feira de livros em parceria com as livrarias da freguesia e feira de artesanato com mostra de trabalhos de autor.

– 10h – 22h – Comida de Rua – Oferta variada de comida de rua, em parceria com a Associação Street Food On Tour.

 

Dia 24 – CANCELADO

 

Dia 25, quinta-feira

– 10h – 22h – Comida de rua

– 10h – 19h – Feira da Liberdade

– 10h -18H – Cinema Insuflável – a sala de cinema das crianças.

– 10h – 17h – Tabuleiro Gigante de Xadrez – Parceria Federação Portuguesa de Xadrez.

10h30Arroios a Mexer – Lançamento do programa “Arroios a Mexer”. Uma iniciativa da Junta de Freguesia de Arroios em Parceria com o LGC – Lisboa Ginásio Clube, cujo objetivo é proporcionar à população ativa uma atividade física orientada e regular de modo a promover hábitos de estilos de vida saudáveis. Traga roupa e calçado confortável e venha fazer uma aula de ginástica em família! Duração: 45’

– 11h – 17h – Jogos Tradicionais Portugueses

-11h – 17h – Animação com Chapéus na Rua apresenta Isso não é permitido!!! com Tiago Fonseca – Um personagem carismático e mal-humorado que nos fará celebrar a Liberdade com uma grande dose de humor, truques de malabarismo, acrobacia e andas. Uma produção Associação Corrente d’Arte.

– 11h30 – A Fada e a Borboleta – Leitura para crianças, por Mina Anguelovaatividade promovida pela Livraria Tigre de papel.

15h – 17h – Atelier de Serigrafia “O primeiro dia da Liberdade” – atelier de serigrafia tendo como mote a obra escultórica de homenagem aos militares de abril – “O primeiro dia da Liberdade” – da autoria do artista plástico Rui Pereira, que marca a paisagem do Campo dos Mártires da Pátria. A participação é livre e recomenda-se que traga uma peça de roupa ou outro suporte possível de ser serigrafado!

– 16h – Circo no Jardim com Chapéus na Rua apresenta The Gentlemad com Mica Paprika – Da Época de ouro do vaudeville chega este cavalheiro que, com a sua peculiar loucura enche o palco de virtuosismo e magia, malabarismo, equilibrismo e mais equilibrismo com uma pitada de humor.

17h – Concerto LIBÊ – Lisbon Buskers Ensemble (do inglês “busking” – passar o chapéu) junta músicos que transitam entre o palco e a rua, para apresentar um repertório musical composto a partir de textos escritos por poetas internacionais. Com o título de ‘Humano a Metro’, um concerto da LIBÊ levanta a voz sobre o menosprezo e a objetificação do ser humano que vive (ou sobrevive) neste turbulento e desafiante começo de século.

Projeto criado no âmbito da iniciativa Next Stop, promovido pelo Largo Residências.

Banda: Chiara Pellegrini (Itália): voz e percussão l Kristina Van de Sand (Alemanha): violino e voz l Mateja Dolsek (Eslovénia): saxofones e clarinete l Elena La Conte (Itália, França): flauta e voz l Roni Szabo (Brasil): baixo l Pedro Rodrigues (Portugal): bateria e percussões l Andrea Musio (Itália): guitarra, oboé e voz l Nicolás Farruggia (Argentina, Itália, Brasil): composição, direção artística, voz e viola l Convidados: Coro Anjos (criado e regido por Edgar Valente) e Telma Pereira l Letras de: Manuela de Freitas (Portugal), Piera Schnaider (Brasil), Mauro Aguiar (Brasil), Francesco Pasquale (Itália) e Jiddu Saldanha (Brasil).

18h – Concerto Rita & O Revolver – a “Revolução-que-Não-Passa-na-Televisão” dançará sempre de punho erguido. Banda: Rita Cruz – voz |Rui Alves – bateria |Zé Moz Carrapa – baixo l Tiago Santos – guitarra|João Cardoso – teclas |Hugo Menezes – percussão.

19hDJ set Tiago Santos – Uma guerrilha sonora armada com o poder do funk, da soul, do afrobeat, reggae, dub e ritmos afro-latinos, até ao hiphop e além! O som rebelde e insubmisso da música negra disparado em vinil por Tiago Santos, músico fundador e compositor de Cool Hipnoise, Spaceboys e muitos outros projectos, dj desde 1997 e voz, realizador e locutor da Rádio Oxigénio desde 1999.

 

Dia 26, sexta-feira

9h30 – 19h – Cinema Insuflável – a sala de cinema das crianças*
    * entre as 9h30 e as 17h a atividade é dirigida às escolas da freguesia.

9h30 – 17h – Jogos Tradicionais Portugueses

 – 10h – 19h – Feira da Liberdade

 – 10h – 22h – Comida de rua

17h30h – 18h30 – Conversa “Mulheres e a Liberdade” – Convidados: Sandra Benfica do MDM – Movimento Democrático de Mulheres, Cyntia de Paula, da Casa do Brasil e Joacine Katar Moreira, presidente da INMUNE – Instituto da Mulher Negra, com moderação de Lúcia Gomes, advogada.

18h30Concerto El Sur – O Sul está à distância de um Atlântico inteiro, do grito de uma mãe no Mediterrâneo ou da largura do braço de um rio ibérico. Banda: Joana Manuel, Rui Galveias, João Cardoso, Rui Alves, Tiago Neo.

– 19h30Concerto LaGardère – “A música dos LaGardère merece ser ouvida e difícil será, certamente, ficar-lhes indiferente. Com claras inspirações do indie-rock português muito acarinhado, estes três rapazes produzem um pop-rock tranquilo e melódico, em que às melodias sedutoras e alegres se juntam riffs de guitarra floreados. Linhas de baixo carregadas de Groove, teclados insanos e melosos (com um quê de epicidade) e letras que nos ficam no ouvido.” In Punch Magazine. Banda: Carlos Noronha, João Sampayo e Yann Vaz da Silva

 

 

Organização: Junta de Freguesia de Arroios
Coprodução: CML
Apoio: Turismo de Portugal


Parceiros:
Associação Street Food on Tour, Casa do Brasil, Central de Cervejas e Bebidas/ Águas de Luso, EmPark, Federação das Coletividades do Distrito de Lisboa, Federação Portuguesa de Xadrez, Feira do Intendente, INMUNE – Instituto da Mulher Negra, Largo Residências, Lisboa Ginásio Clube, Livraria Tigre de Papel, MDM – Movimento Democrático de Mulheres


VOLTAR