português

Risco de incêndio elevado

De acordo com a previsão da evolução das condições meteorológica disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, entre os dias 16 e 18 de julho, o tempo deverá manter-se quente e seco com vento moderado, com permanência de condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais.

Até terça-feira, dia 18 de julho, a temperatura tenderá a descer gradualmente, sobretudo no litoral, mantendo-se ainda assim valores relativamente elevados. Neste período, igualmente de forma gradual, a humidade relativa tenderá a aumentar e o vento não será além de moderado do quadrante oeste. Perante este quadro, o índice de risco de incêndio vai manter-se nos níveis muito elevado e máximo em quase toda a região do Algarve, no interior norte e centro e ainda nível elevado em todo o Alentejo.

Nesse sentido, a Autoridade Nacional de Proteção Civil recorda que, de acordo com as disposições legais em vigor, não é permitido:

  • Realizar queimadas nem fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos;
  • Utilizar equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos; queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração;
  • Lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes;
  • Fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem;
  • Realizar fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

VOLTAR