PROTEÇÃO CIVIL DE ARROIOS

O projeto de Proteção Civil desta Junta de Freguesia procura posicionar Arroios do lado da prevenção através de diversas iniciativas que vão desde a definição de um Plano Local de Emergência (PLE) perante a eventual ocorrência de acidente grave ou catástrofe na freguesia à divulgação de ações de formação ou informação sobre medidas a tomar em casos de sismo, subida ou descida de temperaturas, entre outras.

A equipa de Proteção Civil de Arroios é formada por um banco de voluntários em estreita colaboração com o Serviço Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de Lisboa e outras entidades como Associação de Radioamadores da Região de Lisboa ou alguns estabelecimentos comerciais da freguesia.

Plano Local de Emergência de Arroios

 

O Plano Local de Emergência de Arroios aplica-se perante a eminência ou ocorrência de acidente grave ou catástrofe que aconteça dentro da área de jurisdição da freguesia. Caso não seja possível a intervenção imediata das entidades competentes, a Junta de Freguesia deverá atuar através do Centro de Operações de Emergência (COE) até estabelecimento do controlo da situação pelo Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa.

O COE é constituído por 5 grupos de atuação: o de Operações, o de Logística, o de Comunicações e Informação e o de Voluntariado. Às Operações cabe o reconhecimento geral da situação, avaliação de danos e realização de ações de socorro. A Logística é responsável por contactar fornecedores de bens e serviços da freguesia com o intuito de providenciar a subsistência da população e das equipas de socorro, bem como elaborar listas com o registo dos sinistrados. À equipa de Comunicações e Informação está reservado o papel de garantir um sistema de comunicação necessário à gestão da operação de emergência, apoiar as ações da Proteção Civil e divulgar avisos à população, enquanto o grupo de Voluntariado trata de estabelecer contacto com os vários voluntários envolvidos e entre estes e áreas de intervenção.

Para o Plano Local de Emergência de Arroios, definiram-se pontos de encontro de fácil acesso e do conhecimento geral da população residente, tais como o Largo do Intendente Pina Manique, a Alameda D. Afonso Henriques, o Mercado do Forno do Tijolo, localizado na Rua Maria da Fonte, o Jardim António Feijó, junto à Igreja dos Anjos, o Campo dos Mártires da Pátria e o Mercado 31 de Janeiro, que se situa na Rua Engenheiro Vieira da Silva.

O processo de recrutamento de voluntários especializados, como por exemplo médicos, enfermeiros, engenheiros e carpinteiros, continua aberto assim como a receção de propostas de cooperação com estabelecimentos comerciais, tais como farmácias, supermercados, cafés, restaurantes, ou outros.

Para mais informações e inscrições, poderá contactar a Junta de Freguesia de Arroios através do email geral@jfarroios.pt, do telefone geral 218 160 970, ou simplesmente dirigir-se à sede ou a um dos nossos polos de atendimento.

Os esforços de todos são fundamentais para que toda a comunidade possa estar informada e preparada num lugar que se quer cada vez mais desejado e protegido.

Contactos:
Tel.: 218 160 970
Email: geral@jfarroios.pt