português
Sabia que

SABIA QUE…

AMÁLIA

Sabia que a Amália nasceu em Arroios ou que a Praça do Chile já teve uma fonte no centro da rotunda? Se tem curiosidade e vontade de saber mais sobre Arroios, pode encontrar nesta secção alguns dos factos históricos mais surpreendentes da freguesia. Descubra-os!

BIBLIOTECA

A freguesia de Arroios conta com a biblioteca municipal mais antiga de Lisboa, a Biblioteca de São Lázaro.

EDIFÍCIOS

Arroios é uma zona de edifícios residenciais e mistos, construídos no período anterior a 1919 e que decorre até 1970.

ÁGUA

O nome da freguesia de Arroios evoca os muitos cursos de água que por aqui existiram.

VIÚVA LAMEGO

O edifício da Fábrica de Cerâmica da Viúva Lamego, que fica situado no Largo do Intendente Pina Manique, está classificado como imóvel de interesse público.

CAMÕES

A Escola Secundária de Camões, fundada em 1902, é uma das escolas de referência do país e localiza-se na freguesia de Arroios desde 1909.

57 QUILÓMETROS

A freguesia de Arroios tem cerca de 57 quilómetros de vias urbanas, o que em termos comparativos corresponde à distância de ida e volta entre Lisboa e Sintra.

ANTIGAS FREGUESIAS

O território da freguesia de Arroios resulta da agregação do território das antigas freguesias dos Anjos, Pena e São Jorge de Arroios.

CASSIANO BRANCO

Existem alguns edifícios da autoria do arquiteto Cassiano Branco na freguesia, entre os quais se destaca o edifício do antigo Cinema Império.

70 ANOS

Em 2014, assinalaram-se 70 anos desde a criação da Casa dos Estudantes do Império, que era o ponto de encontro de estudantes vindos das ex-colónias portuguesas. Situa-se na esquina da Av. Duque de Ávila com a Rua Dona Estefânia.

PINTURA

A Escola Secundária Dona Luísa de Gusmão tem várias pinturas das décadas de 50 e 60.

EUNICE MUÑOZ

O Clube Estefânia tem uma sala de espetáculos onde representaram nomes incontornáveis como Eunice Muñoz.

PRIMEIRA-MINISTRA

Maria de Lourdes Pintasilgo, antiga primeira-ministra portuguesa, viveu em Arroios.

MERCADO

O Mercado de Arroios foi classificado como edifício de interesse cultural no final da década de 80.

CAMÕES

A Escola Secundária de Camões está classificada, desde 2012, como monumento de interesse público.

D. LUIS

A Escola Básica N.º 1 de Lisboa foi construída no reinado de D. Luís, em 1875.

MANUAIS

A Escola Secundária de Camões tem manuais de física e ciências naturais com alguns exemplares que não se encontram em mais nenhuma outra instituição do país.

ATLÉTICO CLUBE

O Estefânia Atlético Clube, uma associação da freguesia, foi fundado em 1939.

SEVERO PORTELA

A Escola Secundária Dona Luísa de Gusmão tem um painel decorativo, alusivo à rainha Dona Luísa de Gusmão, do pintor alentejano Severo Portela.

METROPOLITANO

A estação Anjos do Metropolitano de Lisboa abriu ao público em 1966.

CRUZEIRO DE ARROIOS

”O cruzeiro de Arroios” é uma peça que se encontrava originalmente no Largo de Arroios e está atualmente junto à Igreja Paroquial de São Jorge de Arroios.

PALACETE

O Palacete da Estefânia é um edifício do início do século XX mandado construir por Henrique Maufroy de Seixas.

NEPTUNO

A escultura do Neptuno na fonte do Largo de D. Estefânia já esteve colocada no Largo do Chiado, para onde foi originalmente concebida.

MERCADO

O Mercado de Arroios foi inaugurado a 28 de fevereiro de 1942.

IMIGRANTES

Segundo os Censos de 2011, vivem em Arroios 4131 imigrantes, que representam 14% da população total imigrante de Lisboa.

ANTIGAS COLÓNIAS

Subindo a Avenida Almirante Reis, do lado direito, surge um agregado de ruas cuja toponímia evoca as antigas colónias portuguesas.

FRANCISCO LÁZARO

Francisco Lázaro, que foi um atleta português, dá nome a uma das ruas da freguesia.

FEIRA DA LADRA

A Feira da Ladra funcionou de 1835 a 1882, no Campo de Santana, atualmente, designado como Campo dos Mártires da Pátria.

JESUÍTAS

O grande edifício que se encontra junto à Praça do Chile já foi um colégio de formação de Jesuítas.

DONA AMÉLIA

A Avenida Almirante Reis já teve o nome de Avenida Dona Amélia.

REI DOS FLORISTAS

O nome do Jardim Constantino é uma homenagem a Constantino José Marques de Sampaio e Melo, um dos maiores floristas de Portugal, conhecido por Rei dos Floristas.

AMÁLIA

Amália Rodrigues nasceu em Arroios, mais precisamente na Rua Martim Vaz.

FONTE

A Praça do Chile já teve uma fonte no centro da rotunda.

CHILE

Na Praça do Chile encontra-se uma estátua de Fernão de Magalhães, o navegador português que empreendeu a 1.ª viagem de circum-navegação. Esta estátua foi oferecida pelo governo chileno.

1ª GUERRA

O Instituto Militar de Arroios destinava-se a receber, tratar e reeducar profissionalmente os mutilados da Primeira Guerra Mundial.

LUSÍADAS

O busto de Camões, que se encontra à entrada da Escola Secundária de Camões, foi encomendado por ocasião do IV centenário da publicação d’Os Lusíadas.

NOBEL

O Nobel da Literatura José Saramago estudou na antiga escola primária N.º 14 que, atualmente, localizada noutro edifício, é designada por Escola Básica “O Leão de Arroios”.

PRAÇA DE TOUROS

Em 1831, foi inaugurada a Praça de Touros do Campo de Sant’Ana, onde existe atualmente a Faculdade de Ciências Médicas.

BECO DO SACO

A artéria que liga a Rua Nova do Desterro ao Largo do Mastro, a atual Rua do Saco, começou por ser um beco sem saída que se designava Beco do Saco.

PICOAS

A estação Picoas é uma das 11 estações pertencentes à 1.ª fase de construção da rede do Metropolitano de Lisboa e abriu ao público em 1959, aquando da inauguração da rede.

FORNO DO TIJOLO

No Mercado do Forno do Tijolo, existe uma escadaria decorada com murais de azulejos com figuras típicas de vendedores de Lisboa do séc. XIX.

MATADOURO

O Matadouro Municipal de Lisboa, construído em 1863, esteve implantado no Largo do Matadouro (ex-Largo da Cruz do Tabuado e futura Praça José Fontana).

D. JOÃO VI

O rei D. João VI faleceu a 1826, no Palácio da Bemposta, onde se encontra a Academia Militar.

PORTUGÁLIA

Nos anos 50, a cervejaria “Portugália” abriu um terraço onde funcionava, nas noites de verão, cinema ao ar livre, de nome “Cine-esplanada Portugália”.

JOSÉ GOMES FERREIRA

O escritor José Gomes Ferreira morou na Calçada do Monte Agudo, a atual Rua Heliodoro Salgado.

VERGÍLIO FERREIRA

O escritor Vergílio Ferreira ingressou como professor na Escola Secundária de Camões, em 1959.

FERNANDO PESSOA

Fernando Pessoa viveu com a sua tia, entre 1912 e 1914, no edifício onde se encontra atualmente o Externato Passos Manuel.

LUIS DE CAMÕES

Luís Vaz de Camões foi sepultado no Convento de Santana e os seus restos mortais foram trasladados para o Mosteiro dos Jerónimos em 1880.

REAL ESCOLA

A atual Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa foi criada como Real Escola de Cirurgia, em 1825.

ARTE

Nas salas da atual Faculdade de Ciências Médicas, podem admirar-se pinturas de Columbano Bordalo Pinheiro, José Malhoa, Veloso Salgado, entre outros artistas.

“A PORTUGUESA”

O Jardim Henrique Lopes Mendonça homenageia o escritor, poeta e dramaturgo, autor da letra do hino nacional “A Portuguesa”.

FONTAINHAS

O Largo de Santa Bárbara foi conhecido por “Fontainhas” pela quantidade de fontes, das quais uma delas recebeu canalização municipal, na Bica do Regueirão.

CRIANÇAS

O Hospital D. Estefânia, inaugurado em 1877, nasceu do sonho da Rainha D. Estefânia fazer um hospital moderno para as crianças.

ANTÓNIO ARROIO

Em 1934, a antiga Escola Industrial de Arte Aplicada António Arroio foi fundada num edifício situado na Rua Almirante Barroso.

CINEMA

Na Avenida Almirante Reis, n.º 20, inaugurou a 1930 o cinema Lys. Mais tarde, em 1973, adotou o nome de cinema Roxy.